Nova Zelândia e Ilhas Salomão na final da Oceânia para o Mundial'2022

Nova Zelândia e Ilhas Salomão na final da Oceânia para o Mundial'2022
Redação com Lusa

Vencedor da final da zona Oceânia vai disputar vaga no Mundial com o quarto classificado da zona da CONCACAF

A Nova Zelândia, ao vencer o Tahiti por 1-0, e as Ilhas Salomão, com um triunfo por 3-2 face à Papua Nova Guiné, qualificaram-se este domingo para a final da zona Oceânia de qualificação para o Mundial'2022.

Em Doha, no Catar, que será palco da fase final do campeonato do Mundo, de 21 de novembro a 18 de dezembro, Nova Zelândia e Ilhas Salomão marcaram encontro para quarta-feira, dia em que vão decidir quem irá a um play-off intercontinental.

O vencedor da Oceânia não se qualifica automaticamente, tendo de disputar um confronto com o quarto classificado da fase final da zona CONCACAF, ocupado provisoriamente pela Costa Rica.

No primeiro encontro das meias-finais, Alvin Hou, com dois golos, aos 33 e 66 minutos, foi a grande figura das Ilhas Salomão, pelas quais também marcou Raphael Lea"i, aos 71.

Os golos da Papua Nova Guiné foram apontados por Alwin Komolong, aos 24 minutos, e Ati Kepo, aos 88.

No segundo encontro, registou-se apenas um golo, apontado aos 71 minutos por intermédio de Liberato Cacace, defesa de 21 anos que alinha nos italianos do Empoli.

A fase final já conta com 19 apurados, quatro da América do Sul (Argentina, Brasil, Equador e Uruguai), dez da Europa (Alemanha, Bélgica, Croácia, Dinamarca, Espanha, França, Inglaterra, Países Baixos, Sérvia e Suíça) e cinco da Ásia (Arábia Saudita, Coreia do Sul, Irão, Japão e o anfitrião Catar).

O Mundial de 2022 realiza-se no Catar, de 21 de novembro a 18 de dezembro.