Na Argentina revelam o resultado da autópsia a Diego Maradona

Na Argentina revelam o resultado da autópsia a Diego Maradona
Redação

Argentino faleceu na quarta-feira, aos 60 anos.

A lenda do futebol mundial Diego Armando Maradona faleceu ontem, quarta-feira, aos 60 anos.

Um relatório preliminar da autópsia revela que o argentino morreu devido a uma "insuficiência cardíaca aguda, num paciente com uma miocardiopatia dilatada, insuficiência cardíaca congestiva crónica que gerou um edema agudo no pulmão", avança a Imprensa argentina.

A autópsia foi realizada na morgue de San Fernando depois de a procuradoria de San Isidro ter pedido autorização à família para realizar o exame. Os investigadores abriram um caso de "investigação das causas de morte", uma vez confirmada a morte do antigo jogador de futebol.

O corpo da lenda do futebol Diego Maradona chegou na madrugada desta quinta-feira ao palácio presidencial argentino em Buenos Aires, onde vai decorrer o velório, de acordo com as imagens dos canais desportivos TyC e ESPN.

Centenas de pessoas aguardavam, em fila, no exterior do palácio presidencial para se despedirem do campeão mundial de 1986, no velório público que vai decorrer esta quinta-feira, das 6h00 às 16h00 (entre as 9h00 e as 19h00 em Lisboa), indicou a presidência argentina.