Morreu, aos 93 anos, treinador recordista mundial

Morreu, aos 93 anos, treinador recordista mundial

Chama-se Rudi Gutendorf, é alemão, e o seu nome está associado a mais de meia centena de equipas orientadas nos cinco continentes

Faleceu Rudi Gutendorf, ex-treinador alemão, aos 93 anos (cumpridos na sexta-feira). A notícia do seu falecimento deixará muita gente a interrogar-se sobre o porquê deste destaque a um perfeito desconhecido do grande público. É que até ao seu último emprego, em 2003, Gutendorf, ou "Incansável Rudi" ("Restless Rudi"), como também era conhecido, treinou um total de 55 equipas, em 32 países dos cinco continentes!

Os números impressionantes levaram o nome de Gutendorf a entrar para o Livro Guinness dos Recordes, ao cabo de mais de meio século a treinar. A carreira nos bancos arrancou na Suíça, nos anos 1950, na equipa Blue Stars de Zurique, tendo o último trabalho sido o de selecionador da Samoa. Alemanha, EUA, Peru, Espanha foram alguns dos países onde orientou clubes, tendo sido selecionador nacional de nações como Chile, Venezuela, Trindade e Tobago, Botsuana, Austrália, Fiji, Nepal, Tanzânia, China, Ruanda ou São Tomé e Príncipe.

"Perdemos alguém que nos enriqueceu a todos devido ao seu grande coração e positivismo diário", referiu a família.