Médico italiano sentenciado com um ano de pena suspensa devido à morte de Astori

Médico italiano sentenciado com um ano de pena suspensa devido à morte de Astori
Redação

Antigo capitão da Fiorentina faleceu a 4 de março de 2018, quando tinha 31 anos.

Giorgio Galanti, médico italiano, foi esta segunda-feira condenado a um ano de prisão com pena suspensa devido à morte de Davide Astori, antigo capitão da Fiorentina que foi encontrado sem vida a 4 de março de 2018, quando tinha 31 anos.

A informação é avançada pelo diário Tuttosport, que refere ainda que Galanti terá de pagar uma indemnização de 1,090 milhões de euros, distribuídos da seguinte forma: 250 mil euros para a viúva do futebolista, Francesca Fioretti, 240 mil para a filha, Vittoria, e os restantes 600 mil para os pais e irmãos do jogador.

O advogado do profissional de saúde já anunciou que vai recorrer da sentença aplicada a Giorgio Galanti, que é acusado de ter passado dois certificados de aptidão para a prática de desporto profissional a Astori.