Marcelo chamado para mesa de voto pode falhar Chelsea-Real Madrid

Marcelo chamado para mesa de voto pode falhar Chelsea-Real Madrid
Redação

As eleições na capital de Espanha podem desfalcar o Real Madrid na segunda mão das meias-finais da Liga dos Campeões, em casa do Chelsea

A história é insólita e é revelada esta quarta-feira pelo jornal espanhol El Mundo: Marcelo, lateral do Real Madrid, corre o risco de falhar a segunda mão das meias-finais da Liga dos Campeões, em casa do Chelsea.

A razão, explica o jornal, não é técnica e, nem sequer, motivada por uma eventual lesão do lateral. O caso é outro: Marcelo foi convocado para membro de uma mesa eleitoral das eleições em Madrid, ato que terá lugar a 4 de maio, véspera do jogo em Londres.

A comissão eleitoral da capital espanhola argumenta que Marcelo pode voar para Inglaterra no mesmo dia do jogo, alegando o Real que os protocolos para covid-19 exigem testes na véspera e antes dos jogos. Além de Marcelo, o defesa Victor Chust, do Real Madrid B, também foi convocado.

Tanto o Real Madrid como o jogador procuram agora convencer a Comissão de Eeições a abrir uma exceção. Marcelo, recorde-se , foi titular na primeira mão, já que o habitual titular, Mendy, está lesionado.

Há cerca de dois anos, o Levante conseguiu que o guarda-redes Aitor Fernández fosse dispensado de uma mesa eleitoral. No mesmo dia das eleições, jogou em San Mamés contra o Athletic de Bilbau.