Manchester United confirma que está à venda após anunciar a saída de Ronaldo

Manchester United confirma que está à venda após anunciar a saída de Ronaldo
Redação

"A Direção vai considerar todas as alternativas estratégicas, incluindo novos investimentos no clube, uma venda [do clube] ou outras transações envolvendo a empresa", pode ler-se.

São momentos conturbados aqueles que se vivem no Manchester United. No dia em que o cube anunciou a rescisão de contrato com Ronaldo, ficou também confirmado que o clube está à venda e a família Glazer pode, por isso, estar de saída.

"A Direção vai considerar todas as alternativas estratégicas, incluindo novos investimentos no clube, uma venda [do clube] ou outras transações envolvendo a empresa. Isto incluirá uma avaliação de várias iniciativas para fortalecer o clube, incluindo o redesenvolvimento do estádio e das infraestruturas e a expansão das operações comerciais do clube à escala global, cada uma no contexto de aumentar o sucesso de longo prazo das equipas masculina, feminina e de formação, trazendo benefícios para adeptos e demais stakeholders", pode ler-se num comunicado divulgado pela direção dos red devils.

"A força do Manchester United reside na paixão e lealdade da nossa comunidade global de 1,1 mil milhões de fãs e seguidores. Enquanto procuramos continuar a construir a história de sucesso do clube, a Direção autorizou uma avaliação completa das alternativas estratégicas. Avaliaremos todas as opções para servir da melhor forma os nossos adeptos e que o Manchester United maximize as oportunidades de crescimento significativas disponíveis para o clube hoje e no futuro. Ao longo desse processo, permaneceremos totalmente focados em atender aos melhores interesses de nossos fãs, acionistas e várias partes interessadas", afirmaram os copresidentes executivos e diretores Avram e Joel Glazer, citados na nota.