Manchester City e o Liverpool sem portugueses mas com vitórias tranquilas

Manchester City e o Liverpool sem portugueses mas com vitórias tranquilas
Redação com Lusa

Na quarta-feira, o Wolverhampton-Tottenham terá o aliciante de colocar dois treinadores portugueses frente a frente: Bruno Lage e Nuno Espírito Santo.

O campeão Manchester City e o Liverpool prescindiram de grande parte dos seus titulares, incluindo os jogadores portugueses, mas conseguiram vitórias sem sobressaltos perante adversários claramente mais fracos, na terceira ronda da Taça da Liga.

No estádio Etiahd, Bernardo Silva, João Cancelo e Rúben Dias assistiram do banco à goleada de 6-1 sobre o Waycombe, do terceiro escalão do futebol inglês, na qual se destacou o argelino Riyad Mahrez, autor de dois golos.

Quanto ao Liverpool, foi ao terreno do Norwich, muito destacado lanterna-vermelha da "Premier League", e ganhou por 3-0, com um "bis" do japonês Minamino, deixando o luso Diogo Jota no banco de suplentes.

A única equipa da "Premier League" a cair foi o Everton, com o médio português André Gomes na equipa, derrotado nas grandes penalidades em Londres pelo Queens Park Rangers, do "Championship".

Na quarta-feira, o Wolverhampton-Tottenham terá o aliciante de colocar dois treinadores portugueses frente a frente: Bruno Lage e Nuno Espírito Santo.

Também jogarão os outros pesos pesados do campeonato principal: o Chelsea recebe o Aston Villa e o Manchester United enfrenta o West Ham.

O Brighton, equipa sensação da Premier League, em que segue no quarto lugar, recebe o Swansea.