Luiz Adriano candidato a "antidesportista do ano"

Luiz Adriano candidato a "antidesportista do ano"

O golo pelo Shakhtar ao Nordsjaelland na Liga dos Campeões, quando o jogo estava interrompido para prestar assistência a um jogador fez revolver o estômago ao fair play...

Os feitos de Luiz Adriano, avançado do Shakhtar Donetsk, chegaram aos Estados Unidos e a revista "Sports Illustrated" colocou o jogador brasileiro entre os candidatos ao prémio de... "antidesportista do ano". A inclusão de Luiz Adriano ficou a dever-se ao golo que apontou ao Nordsjaelland, na Liga dos Campeões, metendo a bola na baliza adversária quando o jogo estava parado para assistir um jogador lesionado.

Terry, futebolista do Chelsea, o ciclista Lance Armstrong, e o corredor Taoufik Makhloufi foram os outros nomeados. O jogador do Chelsea fez comentários racistas contra o defesa Anton Ferdinand, do Queens Park Rangers; Lance Armstrong perdeu os seus sete títulos da Volta à França por causa de doping e foi banido do ciclismo; e o atleta argelino Taoufik Makhloufi simulou uma lesão nos Jogos Olímpicos para enganar os adversários.