"Luis Díaz não foi uma grande contratação"

"Luis Díaz não foi uma grande contratação"
Redação

John Barnes defende que Luis Díaz tem o perfil certo para a equipa de Klopp e que foi um jogador caro para o Liverpool. Motivos pelos quais considera não ter sido uma "grande contratação".

John Barnes, antigo internacional inglês, tem uma opinião que poucos em Inglaterra têm partilhado. Ao contrário da esmagadora maiora da crítica, o ex-médio do Liverpool, Newcastle e Watford defende que Luis Díaz "não foi uma grande contratação". O Liverpool comprou o avançado colombiano ao FC Porto no mercado de inverno, por um valor a rondar os 45 milhões de euros (que poderá chegar aos 60ME mediante o cumprimento de certos objetivos).

"O Luis Díaz não foi uma grande contratação, sê-lo-ia se o Liverpool estivesse na corrida com Real Madrid, Barcelona... E se não tivesse custado dinheiro. É uma contratação que o Jurgen Klopp faz porque sabe que pode integrá-lo numa equipa e ser bem-sucedido, como ele sabe ser. Ele não teria o mesmo impacto no Manchester City, como provavelmente o Salah não o teria no Real Madrid. São filosofias e formas de jogar diferentes. Quando o Salah e o Sadio Mané chegaram ao Liverpool não houve grande euforia e eles tornaram-se nos jogadores que são hoje. É o que Klopp faz, identifica bem o modelo de jogador que quer", afirmou em declarações ao jornal inglês Mirror.

Em 18 jogos ao serviço dos reds, Luis Díaz marcou por quatro vezes e fez três assistências.