Lewandowski "está nos planos" de Nagelsmann, mas "não será impedido de sair" do Bayern

Lewandowski "está nos planos" de Nagelsmann, mas "não será impedido de sair" do Bayern
Hugo Lopes

Técnico bávaro voltou a assumir que quer o polaco a contribuir para a equipa. Jornal Bild noticiou, entretanto, que o avançado polaco recusou a mais recente proposta do decampeão alemão

Robert Lewandowski continua, enquanto não há um desfecho no (longo) processo negocial para a renovação do atual contrato, a ocorrer paralelamente ao surgimento de rumores sobre a eventual saída, já no verão, a dominar a atualidade bávara.

Questionado, mais uma vez, sobre o assunto, em conferência de Imprensa, Julian Nagelsmann reiterou que pretende orientar o goleador polaco durante, pelo menos, mais uma época, e sublinhou que não será um entrave ao adeus do '9'.

"Ele tem contrato até [junho de]2023, está nos meus planos [para a próxima época]. Mas não sou eu quem vai vetar a sua saída neste verão", afirmou Nagelsmann, que orientou o Bayern ao décimo título consecutivo da Bundesliga.

Nagelsmann, que conversara com o agente Pini Zahavi acerca das negociações, recusou, depois, prolongar-se sobre a situação. "A minha posição e a do clube sobre isso são conhecidas, a situação contratual [do Lewa] também. Sobre mais, é melhor perguntarem ao Lewa ou ao [diretor] Salihamidzic", concluiu.

Os bávaros recusam-se a negociar Lewandowski no próximo verão, por entenderem que continua a ser fundamental, e avançaram para o prolongamento do vínculo, evitando, assim, ver o jogador poder assinar, a partir de janeiro de 2023, por outro clube, dado que o atual contrato tem a duração de pouco mais de um ano.

"Definitivamente vamos tê-lo conosco na próxima temporada. É importante citar que temos contrato com ele. O clube não é louco e não está a debater a transferência de um jogador que marca 30 ou 40 golos", afirmara, em abril passado, Oliver Kahn, dirigente do Bayern, afastando rumores da venda para o Barcelona.

No mês passado, vários meios da Imprensa espanhola, e até polaca, noticiaram que o avançado do Bayern e da seleção da Polónia já havia comunicado a vontade de se tornar culé em 2022/23, pelo que se desvincularia antecipadamente dos bávaros.

O jornal "Bild" noticiou, entretanto, que o avançado polaco recusou a mais recente proposta de renovação apresentada pelo Bayern e que não tem a mínima intenção de permanecer em Munique para lá do próximo mercado de transferências.