Kroos diz que foi mal interpretado e já apoia corte salarial

Kroos diz que foi mal interpretado e já apoia corte salarial
Rafael Toucedo

Real Madrid anunciou redução de 10 a 20%

Pouco depois de surgirem declarações de Toni Kroos a dizer que era contra a redução salarial dos jogadores, pois seria uma doação em vão para os clubes quando os atletas, com salário completo, poderiam canalizá-lo para onde fosse necessário de forma sensata, o Real Madrid anunciou cortes voluntários do plantel de 10 a 20% (de acordo com o regresso ou não da competição). Agora, diz ter sido mal interpretado.

"É possível que não se tenha traduzido corretamente ou que alguns não queiram entender. Desde o primeiro momento, a minha opinião, e vocês conhecem-me bem, é esta: se podemos ajudar os trabalhadores e algumas áreas do clube, vejo como lógico renunciar a parte do salário, como se pode comprovar", escreveu.