Juventus empata na despedida de Chiellini e Lázio garante Liga Europa

Juventus empata na despedida de Chiellini e Lázio garante Liga Europa
Redação com Lusa

Os dois restantes lugares europeus, um na Liga Europa e outro na Conference League, vão ser disputados na última jornada entre Roma, de José Mourinho, sexto classificado, Fiorentina e Atalanta, sétimo e oitavo, respetivamente.

A Juventus empatou esta segunda-feira a dois golos na receção à Lázio, na 37.ª e penúltima jornada da Liga italiana, em jogo marcado pela despedida do campeão europeu Giorgio Chiellini, após 17 anos ao serviço do clube.

A "Vecchia Signora" adiantou-se no marcador logo aos 10 minutos, pelo avançado sérvio Dusan Vlahovic, após assistência do internacional espanhol Álvaro Morata, que "assinaria" o segundo aos 36', mas a Lázio recuperaria a desvantagem na segunda parte, graças a um autogolo do lateral esquerdo brasileiro Alex Sandro e a um tento do médio sérvio Sergej Milinkovic-Savic, aos 90'+5'.

De assinalar o último jogo disputado por Chiellini com a camisola alvinegra em casa, a despedida do argentino Paulo Dybala, outro protagonista da noite cujo futuro não passa pela Juventus, e o apuramento da Lázio para a Liga Europa da próxima época, graças ao ponto conquistado esta segunda-feira em Turim, o que significa que parte para a última jornada com o lugar assegurado.

Os dois restantes lugares europeus, um na Liga Europa e outro na Conference League, vão ser disputados na última jornada entre a Roma, de José Mourinho, sexto classificado, a Fiorentina e a Atalanta, sétimo e oitavo, respetivamente, somando a equipa romana 60 pontos e as restantes 59.

O autor do primeiro golo da partida, Vlahovic, imitou a clássica comemoração de Dybala, com a mão na cara a representar uma máscara, em homenagem ao jogador argentino, e de seguida correu a abraçar Chiellini.

O histórico central da Juventus e da seleção italiana foi substituído aos 17 minutos, número correspondente aos anos em que está no clube, para que o estádio aplaudisse o capitão, com Dybala a sair já na segunda parte para também se despedir dos adeptos.

Entretanto, o campeão só ficará definido na derradeira jornada, bastando ao Milan um empate no terreno do Sassuolo para alcançar o título, com o Inter, que recebe a Sampdória, a espreitar uma escorregadela do rival da mesma cidade, para revalidar o cetro.

O Milan soma 83 pontos, mais dois do que o Inter, mas basta-lhe um empate porque no confronto direto com o rival leva vantagem, uma vez que empatou a um golo na condição de visitado e venceu por 2-1 na condição de visitante.