Juventus atingiu maior prejuízo da sua história na temporada passada

Juventus atingiu maior prejuízo da sua história na temporada passada
Alexandre Dionísio

De acordo com a Imprensa italiana, o clube bianconero registou um saldo negativo de 254 milhões de euros em 2021/22.

A Juventus, adversária do Benfica no Grupo H da Liga dos Campeões, vive um péssimo momento desportivo, tendo registado apenas duas vitórias na atual temporada, e financeiramente não está melhor.

De acordo com a Gazzetta dello Sport, o emblema de Turim registou o maior prejuízo da sua história na temporada transata, com um saldo negativo de 254 milhões de euros.

É de referir que 2021/22 foi a quinta temporada consecutiva em que a Juventus apresenta contas negativas, sendo que a situação começou a ganhar contornos mais drásticos a partir de 2019/20 (-90 milhões), devido aos prejuízos causados pela pandemia de covid-19.

Allegri poderá ser o único a beneficiar da situação

A Gazzetta dello Sport acrescenta que poderá ser esta a razão pela qual Massimiliano Allegri mantém-se no comando técnico da Juve, apesar dos maus resultados desportivos registados até ao momento.

Caso rescindisse com o treinador, a Juventus iria ter de indemnizá-lo em cerca de 36 milhões de euros, um gasto que é considerado proibitivo pelo presidente Andrea Agnelli.

À oitava jornada, a Juventus ocupa o oitavo lugar da Serie A, a sete pontos de distância dos líderes Nápoles e Atalanta. Já na Liga dos Campeões, os italianos ainda esperam pelos primeiros pontos, após terem sido derrotados por 1-2 na visita ao PSG e na receção ao Benfica.