John van't Schip renuncia ao cargo de selecionador da Grécia

John van't Schip renuncia ao cargo de selecionador da Grécia
Redação com Lusa

Justificou a decisão pela demora na decisão da Federação Grega em prolongar ou não o seu contrato.

O treinador holandês John van't Schip anunciou que vai renunciar ao cargo de selecionador da Grécia de futebol no final do contrato, em 31 de dezembro, devido a desentendimentos com dirigentes da Federação grega.

O ex-jogador dos holandeses do Ajax e dos italianos Génova, de 57 anos, no cargo de selecionador helénico há dois anos e meio, durante os quais somou 11 vitórias, nove empates e seis derrotas, justificou a decisão pela demora na decisão da Federação Grega em prolongar ou não o seu contrato.

"Houve discussões, mas a Federação demorou tanto para tomar uma decisão sobre meu futuro que achei que era hora de seguir em frente. A minha visão do futebol é diferente da deles e para ter sucesso é preciso que estejamos todos sintonizados", escreveu John van"t Schip na rede social Instagram.

A Federação grega ainda não reagiu perante a decisão do selecionador, cuja posição estava em risco depois do não apuramento para o Mundial'2022, segundo a imprensa grega.