Jogo envolve Jorge Jesus e dizem: "Será o Super Bowl brasileiro"

Jogo envolve Jorge Jesus e dizem: "Será o Super Bowl brasileiro"
Vanda Pinto

CEO do Estádio Mané Garrincha fez uma comparação curiosa.

Flamengo e Athletico Paranaense, vencedores de Brasileirão e Taça do Brasil, respetivamente, disputam no domingo, a partir das 14h00, a Supertaça do Brasil, que apenas se realizou em 1990 e 1991, sendo este ano recuperada.

Richard Dubois, CEO do Estádio Nacional de Brasília, mais conhecido como Estádio Mané Garrincha - que, de resto, sofreu recentemente algumas mudanças -, acredita que a partida será uma espécie de "Super Bowl brasileiro".

"Já começámos com um evento de grandes dimensões [The Send Brasil]. Este é provavelmente o jogo mais relevante do início do ano, porque é o campeão do Brasileirão (Flamengo) contra o da Taça do Brasil (Athletico Paranaense). Será o Super Bowl brasileiro, o jogo que une as duas equipas, e vamos ver quem é a grande equipa de 2020. Fizemos muitas mexidas [no estádio], muitas novidades para os adeptos", começou por dizer em entrevista concedida ao "Correio Braziliense".

"O que é bom nós mantivemos - a visibilidade, o acesso fácil -, mas melhorámos muito a comodidade e, especialmente, a segurança dos atletas e das delegações. Estamos a torcer para ter casa cheia. Os torniquetes voltaram a funcionar. Vamos saber instantaneamente o número de pessoas no estádio. Os órgãos de segurança terão acesso e isso já funcionou no fim de semana passado [no The Send Brasil]. Minuto a minuto, sabemos as entradas por torniquete, o que aumenta segurança e tranquilidade aos adeptos", concluiu.