Jogador condenado por abuso sexual recebe proposta da Arábia Saudita

Jogador condenado por abuso sexual recebe proposta da Arábia Saudita
Alexandre Dionísio

Santi Mina foi condenado a quatro anos de prisão por abuso sexual de uma jovem, em 2017.

Santi Mina, extremo do Celta de Vigo condenado a quatro anos de prisão por abuso sexual de uma jovem, num caso que remonta a 2017, foi alvo de uma proposta do Al Shabab, da Arábia Saudita, de acordo com a agência de notícias EFE.

O extremo espanhol, de 26 anos, não representa o Celta de Vigo desde a sentença do Tribunal de Almería - a que irá recorrer - no passado mês de março, tendo exigido recentemente ser reintegrado no plantel da equipa.

Os dirigentes do Celta de Vigo, em sentido contrário, tentaram emprestar o jogador ao Aris, da Grécia, e ao Shabab Al Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, mas não tiveram êxito.

Resta saber qual a resposta de Mina à oferta do clube saudita, que defrontou o Celta num particular no sábado (vitória espanhola por 6-0), uma vez que o emblema galego já terá aceitado a proposta.