Jobson: cortou-se sozinho e acabou preso...

Jobson: cortou-se sozinho e acabou preso...

A carreira do avançado do São Caetano volta a ser marcada pela piores das razões. Depois do doping e um sem números de polémicas, agora é acusado de violência doméstica.

Jobson chegou ao hospital ferido no braço direito, alegando ter-se cortado acidentalmente. Nada de anormal, pode acontecer e por isso o jogador, de 25 anos, foi transferido para às urgências. E foi quando estava a ser tratado que tudo se complicou para o avançado do São Caetano: a mulher Tayne, acompanhada pela polícia, chegou ao hospital e afirmou ter sido agredida por Jobson.

Os dois foram então conduzidos à esquadra de polícia, de onde, horas depois saiu Tayne e ainda agora se mantém Jobson. Esta é apenas mais um episódio da decadência do jogador de 25 anos, cuka carreira está mais marcada por casos de polícia do que por golos.

Em 2010 foi suspenso dois anos por lhe ter sido detetada cocaína num controlo anti-doping - no julgamento o jogador garantiu ter consumido crack -, mas já dois anos antes chegou alcoolizado a um treino do Brasiliense, clube que representava na altura e onde ainda chegou a desentender-se com diversos companheiros de equipa.