Itália substitui lesionado Di Lorenzo por Mattia De Sciglio

Itália substitui lesionado Di Lorenzo por Mattia De Sciglio
Redação com Lusa

Apesar da lista alargada, o selecionador Roberto Mancini optou por manter 33 jogadores.

O defesa Mattia De Sciglio, da Juventus, foi este domingo chamado à seleção italiana, para substituir o lesionado Giovanni Di Lorenzo nos convocados para os "play-off" de acesso ao Mundial'2022.

Apesar da lista alargada, o selecionador Roberto Mancini optou por manter 33 jogadores, trocando Di Lorenzo, que sofreu no sábado, no jogo do Nápoles, uma entorse no joelho direito, por De Sciglio, que hoje foi titular na vitória da Juventus na Série A.

Di Lorenzo foi dispensado, depois de os primeiros exames, já com a equipa médica da "squadra azzurra", revelarem uma entorse de grau 2, que tira o jogador dos jogos do "play-off", na quinta-feira, e, se vencer, do segundo jogo, em 29 de março.

A Itália defronta na quinta-feira, em Palermo, a Macedónia do Norte e, caso vença esse jogo, discutirá com o vencedor do jogo entre Portugal e Turquia o apuramento para o Mundial'2022 de futebol do Qatar.

Lista atualizada dos 33 convocados

Guarda-redes: Alessio Cragno (Cagliari), Gianluigi Donnarumma (PSG), Pierluigi Gollini (Tottenham, Ing) e Salvatore Sirigu (Génova).

Defesas: Mattia De Sciglio (Juventus), Francesco Acerbi (Lazio), Alessandro Bastoni (Inter ), Cristiano Biraghi (Fiorentina), Leonardo Bonucci (Juventus), Giorgio Chiellini (Juventus), Emerson Palmieri (Lyon, Fra), Alessandro Florenzi (Milan), Luiz Felipe (Lázio) e Gianluca Mancini (Roma).

Médios: Nicolò Barella (Inter), Bryan Cristante (Roma), Jorginho (Chelsea), Manuel Locatelli (Juventus), Lorenzo Pellegrini (Roma), Matteo Pessina (Atalanta), Stefano Sensi (Sampdória), Sandro Tonali (Milan) e Marco Verratti (PSG).

Avançados: Andrea Belotti (Torino), Domenico Berardi (Sassuolo), Ciro Immobile (Lázio), Lorenzo Insigne (Nápoles), João Pedro (Cagliari), Matteo Politano (Nápoles), Giacomo Raspadori (Sassuolo), Gianluca Scamacca (Sassuolo), Mattia Zaccagni (Lázio) e Nicolò Zaniolo (Roma).