Os últimos 12 golos dos Wolves tiveram participação portuguesa

Os últimos 12 golos dos Wolves tiveram participação portuguesa
Rodrigo Cortez

18 dos 27 golos dos Wolves na Premier League tiveram carimbo português

Todos os golos da vitória deste sábado do Wolverhampton tiveram selo português. Para além dos três apontados por Diogo Jota, o outro foi da autoria de Bennett, mas com o último passe a pertencer a João Moutinho.

Aliás, duas das assistências para Jota também foram feitas por portugueses: uma por Rúben Neves e outra por João Moutinho.

Esta é uma constante que, aliás, se tem repetido esta temporada, nomeadamente nos jogos mais recentes. É que todos os últimos 12 golos dos Wolves tiveram participação direta de jogadores lusos - na finalização ou na assistência.

Desses 12, três foram de Jota, um de Hélder Costa e um de Ivan Cavaleiro. Nos sete apontados por futebolistas de outras nacionalidades, o último passe coube a João Moutinho (dois), Hélder Costa (dois), Diogo Jota (dois) e Ivan Cavaleiro (um).

Em toda a época, dos 27 tentos do Wolverhampton na Premier League, nada menos do que 18 tiveram participação direta lusa, ou seja, dois terços. Apenas nove, portanto, não tiveram selo lusitano.

No total de golos, e quanto a jogadores portugueses, o líder é Diogo Jota (4 golos), seguindo-se Ivan Cavaleiro (3), Rúben Neves (2), Hélder Costa (1) e João Moutinho (1).

Quanto ao último passe, o líder é Moutinho (4), seguindo-se Hélder Costa (3), Rúben Neves (2), Diogo Jota (2) e Ivan Cavaleiro (1).