Vai fazer 52 anos, está na 34ª época como profissional e... renovou contrato

Vai fazer 52 anos, está na 34ª época como profissional e... renovou contrato

Internacional japonês garante que quer jogar até aos 60 anos.

O avançado nipónico Kazuyoshi Miura, de 51 anos, prolongou o seu contrato com o Yokohama FC por um ano, informou o clube da segunda divisão do Japão na sexta-feira.

"Agradeço aos fãs pelo apoio contínuo", afirmou num breve comunicado o jogador que completa 52 anos no final do mês.

"Eu quero treinar duro todos os dias e jogar tantos jogos quanto possível, fazendo valer cada minuto", acrescentou o futebolista que cumpre este ano a sua 34ª temporada enquanto profissional, de acordo com o clube.

Em 2017, Miura quebrou o recorde de longevidade no futebol profissional e tornou-se no jogador mais velho a marcar um golo, dois recordes até então detidos pelo lendário inglês Stanley Matthews.

Miura, que já avisou pretender jogar até os 60 anos, jogou na temporada anterior nove jogos pelo Yokohama, o seu clube desde 2005, mas não conseguiu marcar nenhum golo.

O japonês trocou o seu país pelo Brasil em 1982 e fez sua estreia profissional em 1986 pelo Santos, o clube de Pelé, e teve, antes de regressar ao Japão, duas experiências marcantes na Europa (em Itália, no Génova, e, na Croácia, no Dínamo de Zagreb).

Miura competiu no primeiro campeonato profissional do Japão em 1993 e marcou presença na estreia da seleção nipónica no Mundial de 1998. O avançado conta com 55 golos em 89 partidas disputadas pela seleção nipónica.