"Temos de cuidar de Maradona"

Carlos Queiroz, atual selecionador da Colômbia, saiu em defesa de Maradona

O treinador português Carlos Queiroz defendeu Maradona, recentemente apresentado como técnico do Gimnasia La Plata, depois das críticas ao astro argentino.

"Temos de cuidar de Maradona. Quando falamos de alguém com o prestígio e reputação dele, estamos a falar da memória individual e coletiva do futebol. São jogadores como Messi, Ronaldo ou Figo que fazem a memória coletiva do futebol. É nossa responsabilidade, de treinadores, jogadores e Imprensa, respeitar as pessoas que são o futebol porque são eles que trazem alegria às pessoas", afirmou Carlos Queiroz, selecionador da Colômbia, que acrescentou. "Desejo a Maradona as maiores felicidades como treinador. Ele sabe perfeitamente que é mais difícil ser-se treinador do que jogador."