Russo Alisher Usmanov vende participação no Arsenal

Russo Alisher Usmanov vende participação no Arsenal

Russo Alisher Usmanov anunciou a venda da sua participação de 30 por cento no Arsenal ao norte-americano Stan Kroenke.

O russo Alisher Usmanov anunciou a venda da sua participação de 30 por cento no Arsenal ao norte-americano Stan Kroenke, que detinha já 67, passando o clube inglês da Premier League a valer dois mil milhões de euros.

"Decidi vender as minhas ações do Arsenal, que pode vir a ser o melhor clube de futebol do mundo. Desejo o maior sucesso a este maravilhoso clube e a todos aqueles cujas vidas e carreiras estão estreitamente ligadas", disse em comunicado o bilionário Alicher Usmanov.

Os dois principais acionistas do Arsenal disputavam há já alguns meses a posse da totalidade do clube, que passa agora a ser detido por Stan Kroenke, depois de uma proposta negada pelo norte-americano ao magnata russo do aço Alisher Usmanov, em 2017.

"O sucesso da oferta abrirá um novo capítulo na história do clube, que será detido a 100 por cento pela Kroenke Sports & Entertainment [KSE]", refere em comunicado a empresa liderada pelo empresário norte-americano Stan Kroenke.

A concretização do negócio, que mereceu já manifestações de desagrado por parte dos sócios do Arsenal, deverá resultar na retirada do clube da Bolsa de Valores de Londres.

"A KSE considera que a saída da bolsa vai acompanhar os benefícios de um único proprietário, mais capaz de avançar a estratégia e as ambições do clube", acrescenta o comunicado.

A oferta de Stan Kroenke surge a escassos dias da abertura da temporada em Inglaterra, que assinala o início de um novo capítulo para o Arsenal, com o treinador espanhol Unai Emery a render o histórico francês Arsène Wenger.