"Ronaldo chegou a casa destroçado por saber que aquele golo não ia ser manchete"

"Ronaldo chegou a casa destroçado por saber que aquele golo não ia ser manchete"

Arsène Wenger comentou a reviravolta do Manchester United em casa da Juventus.

Arsène Wenger comentou a vitória (2-1) do Manchester United no reduto da Juventus, na quarta-feira, em partida da Liga dos Campeões.

Cristiano Ronaldo ainda adiantou a formação italiana, com um grande golo, mas os "red devils", orientados por José Mourinho, conseguiriam chegar ao triunfo graças a uma reviravolta nos minutos finais da partida. Em declarações ao canal BeIN Sports, Wenger destacou a "excelência" do golo do astro português:

"Foi fantástico e surpreendeu-nos a todos. Já vimos imensos jogos dele [Ronaldo], mas continuamos a ficar surpreendidos porque faz sempre o inesperado. Não demorou tempo nenhum a chutar a bola e o guarda-redes nem se mexeu. De Gea tem excelentes reflexos, mas nem levantou a mão", descreveu o treinador francês, antes de assinalar que a derrota no final da partida deixou Ronaldo "destroçado".

"Ele chegou a casa absolutamente destroçado porque aquele golo não vai ser manchete. Perderam o jogo, mas, se tivessem vencido por 1-0, o golo ia correr o Mundo", rematou o experiente técnico.