Relatório oficial revela o que levou à queda do helicóptero do Leicester

Relatório oficial revela o que levou à queda do helicóptero do Leicester

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Acidente causou cinco mortos, entre eles o dono do clube inglês

O relatório oficial da queda do helicóptero do Leicester, que vitimou cinco pessoas, entre as quais o dono do clube, Vichai Srivaddhanaprabha, revelou que o acidente se deveu a falhas no sistema de controlo do rotor de cauda do aparelho, que é aquilo que permite equilibrá-lo. A investigação permitiu descobrir, alguns dias após o acidente, problemas com a ligação entre os pedais do cockpit e o mecanismo de transmissão do rotor, incluindo parafusos e porcas em falta, assim como ausência de lubrificante, o que provocou a fricção de algumas peças metálicas.

"O mecanismo que ligava os pedais do piloto ao rotor da cauda desconectou-se. A falha no rotor fez com que o helicóptero se desviasse violentamente para a direita, o que levou ao acidente", pode ler-se no relatório de oito páginas.

O helicóptero, que pertencia ao milionário tailandês, levantou voo do estádio King Power na noite de 27 de outubro, pouco tempo depois do jogo entre Leicester e West Ham (1-1). Pouco depois da descolagem, os pilotos Eric Swaffer e Izabela Roza Lechowicz perderam controlo da aeronave, tendo esta acabado por se despenhar na zona de estacionamento do estádio.