Nápoles, Inter e Fiorentina juntam-se à Juventus nos "quartos" da Taça de Itália

Nápoles, Inter e Fiorentina juntam-se à Juventus nos "quartos" da Taça de Itália

Mário Rui foi titular no Nápoles, enquanto João Mário entrou aos 83 minutos no Inter.

O Nápoles, vice-campeão italiano e segundo classificado do campeonato, qualificou-se este domingo para os quartos de final da Taça de Itália, ao vencer em casa o Sassuolo, por 2-0.

A formação napolitana, que alinhou com o lateral esquerdo Mário Rui de início, assegurou o triunfo com golos do polaco Milik, aos 15 minutos, e do espanhol Fabián Ruiz, aos 74, frente ao 11.º classificado da Série A.

Além do Nápoles, também a Fiorentina avançou na competição, ao vencer por 2-0 na visita ao Torino, com dois golos de Chiesa, já perto do final do encontro, aos 87 e aos 90+2 minutos.

Mais dilatado foi o triunfo do Inter, terceiro no campeonato, na receção ao Benevento, sexto classificado do segundo escalão, por 6-2, num encontro em que o médio João Mário alinhou a partir dos 83, ainda a tempo de assistir Candreva para o seu segundo golo.

Além do ala italiano, que marcou aos sete e aos 90+5, também o argentino Lautaro Martínez bisou, aos 48 e aos 66, depois dos golos do albiceleste Icardi, aos três, na conversão de uma grande penalidade, e do defesa brasileiro Dalbert Henrique, aos 45+1. Os visitantes marcaram na segunda parte, por Roberto Insigne, aos 58, e Bandinelli, aos 74.

Nos quartos de final, a Juventus, dos portugueses Cristiano Ronaldo e João Cancelo, vai defrontar o vencedor do encontro entre Cagliari e Atalanta, que está agendado para segunda-feira, enquanto Nápoles e Inter vão disputar uma vaga nas meias-finais diante de Milan e Lázio, respetivamente.

Já a Fiorentina aguarda o desfecho do embate entre Roma e Virtus, do terceiro escalão.