Leo Messi "pede" banco a Ernesto Valverde: "Tenho de aceitar"

Leo Messi "pede" banco a Ernesto Valverde: "Tenho de aceitar"

O craque argentino refere que "com o passar dos anos, o corpo paga a fatura" e admite ser relegado para o banco de suplentes em mais ocasiões.

Lionel Messi é indiscutível no Barcelona e seria em qualquer outra equipa do mundo. No entanto, o próprio jogador assume que, nos próximos tempos, poderá ter que passar mais tempo no banco de suplentes.

"É tramado estar no banco, porque, de lá, observamos coisas que não vemos no relvado. Mas a época é muito dura e tenho de aceitar jogar menos. São muitos jogos ao longo da temporada e, com o passar dos anos, o corpo paga a fatura. Entendo que é o melhor", assinalou o craque argentino, como que em jeito de recado ao treinador Ernesto Valverde.

Questionado sobre a Bola de Ouro, que deverá ser arrebatada por Cristiano Ronaldo, Messi garante que não está preocupado com os prémios individuais:

"Esses prémios não são o meu objetivo. Interessa-me mais a nível coletivo. Foi muito bom ganhar o que ganhei a nível individual, mas dou importância ao grupo, porque quero ganhar mais Ligas e Champions, assim como um título com a Argentina. Essas são as prioridades", rematou o 10 do Barcelona, em entrevista ao canal TyC Sports.