Manchester United-Chelsea: é preciso recuar até 1965 para ver algo assim

Manchester United-Chelsea: é preciso recuar até 1965 para ver algo assim

Red devild abriram o campeonato com uma goleada frente ao Chelsea.

O Manchester United entrou de rompante na Liga inglesa de futebol, ao golear por 4-0 o Chelsea no fecho da primeira jornada da prova. Em Old Trafford, Marcus Rashford inaugurou o marcador aos 18 minutos, na conversão de uma grande penalidade cometida por Zouma sobre o próprio avançado, antes de o francês Anthony Martial aumentar a vantagem dos red devils, aos 65.

Pouco depois, Rashford bisou, aos 67 minutos, cabendo ao jovem Daniel James selar a goleada do United, aos 81, sendo que o lateral português Diogo Dalot não fez parte das opções do técnico Ole Gunnar Solskjaer.

Esta foi a primeira vez desde 1965 que os red devils venceram o Chelsea por quatro golos sem resposta em casa para o campeonato.

Terminada a primeira ronda da Premier League, o United é segundo, apenas atrás do rival Manchester City, que no sábado venceu o West Ham, por esclarecedores 5-0.

O Wolverhampton, treinado pelo português Nuno Espírito Santo, estreou-se com um nulo (0-0) na visita ao terreno do Leicester, numa partida em que Rui Patrício, Rúben Neves, João Moutinho e Diogo Jota foram titulares nos 'wolves', enquanto Ricardo Pereira completou os 90 minutos pelos 'foxes'.

Já o Arsenal foi a Newcastle vencer por 1-0, graças a um golo do internacional gabonês Pierre-Emerick Aubameyang, aos 58 minutos, dando a melhor sequência a uma iniciativa de Ainsley Maitland-Niles.