Lopetegui abre o livro sobre a saída do Real Madrid e deixa pista sobre o futuro

Lopetegui abre o livro sobre a saída do Real Madrid e deixa pista sobre o futuro

Lopetegui deixou o comando técnico dos merengues após 14 jogos na presente temporada.

Julen Lopetegui, antigo treinador do FC Porto e do Real Madrid, deu uma entrevista à "BBC" e recordou os tempos vividos nos merengues. O espanhol falou de Solari e desvendou ainda um objetivo para o futuro: treinar na Premier League.

Depois de ter deixado a seleção espanhol, a dois dias do início do Mundial da Rússia, Lopetegui mudou-se para o Real Madrid, onde teve um "bom começo": "A equipa jogava bem, mas depois tivemos três semanas muito más. No entanto, tínhamos a certeza de que a situação desfavorável ia mudar".

Apesar do despedimento, e de ter feito apenas 14 jogos ao serviço dos blancos, Lopetegui diz que não guarda ressentimento e elogiou o novo corpo técnico: "Nunca direi mal do Real Madrid. Foi uma experiência fantástica, gostava de ter ficado mais tempo, mas tenho de pensa no futuro. Tenho muito respeito pelo Solari e pelos jogadores, adoro-os, tiveram uma atitude fantástica comigo".

Desempregado neste momento, o espanhol diz que está atento a todas as possibilidades, mas quer treinar nas principais ligas e a inglesa é opção: "Quando vês um jogo da Premier League consegues sentir o ambiente, o respeito que há pelos jogadores e pelos treinadores. Isso é muito importante, quero sentir o mesmo".

Ainda sobre a polémica da mudança da seleção espanhola para o Real Madrid, o treinador, de 52 anos, disse que não foi um processo "fácil" e que era "impossível" de esconder a decisão: "Não seria honesto ter contrato assinado e continuar a treinar a seleção no Mundial sem ninguém saber. Senti que fui injustiçado e foi um momento muito difícil".

Rayo Vallecano e Real Madrid B, além das seleções jovens de Espanha, completam o currículo de Julen Lopetegui.