Investigação belga sobre corrupção provoca detenção do empresário de Courtois

Investigação belga sobre corrupção provoca detenção do empresário de Courtois

Autoridades estavam em cima da transferência do avançado sérvio Aleksandar Mitrovic do Anderlecht para o Newcastle

Duas pessoas, entre as quais o representante do guarda-redes do Real Madrid Thibaut Courtois, foram detidas no âmbito de uma investigação sobre corrupção no futebol conduzida pela polícia de Bruxelas.

A detenção do agente de futebolistas, cuja empresa estava sediada no Mónaco, e de um assistente, que operava na região de Liège, foram efetuadas em consequência de sete buscas realizadas no principado, em várias localidades da Bélgica e em Londres.

A investigação, que visava inicialmente a transferência do avançado internacional sérvio Aleksandar Mitrovic dos belgas do Anderlecht para o Newcastle, da liga inglesa, já tinha estado na origem de buscas realizadas em 24 de abril, nas quais não se registou qualquer detenção.

Fonte próxima do processo disse à AFP que a nova etapa da investigação está direcionada para o representante de jogadores ​​​​​​​Christophe Henrotay, suspeito de ter agido de forma fraudulenta no decurso da transferência de vários jogadores.