Há "caso Coutinho" no Barcelona e em Espanha falam em bomba-relógio

Há "caso Coutinho" no Barcelona e em Espanha falam em bomba-relógio

Empresários do brasileiro terão demonstrado desagrado junto da estrutura diretiva do clube catalão.

Philippe Coutinho não atravessa o melhor momento no Barcelona e, de acordo com a imprensa espanhola, está a gerar-se todo um caso em redor do internacional brasileiro.

Antes do jogo desta quinta-feira com o Levante, a contar para a Taça do Rei - que o Barça perdeu, por 2-1 - um dos adjuntos de Ernesto Valverde comentou a situação do médio-ofensivo: "Coutinho não está ao nível do ano passado e Dembélé ultrapassou-o", afiançou Jon Aspiazu aos microfones do GOL. Ora, segundo a Cadena Cope, os agentes do jogador, Kia Joorabchian e Giuliano Bertolucci manifestaram o seu desagrado com o tratamento da equipa técnica para com Coutinho junto da estrutura diretiva, sendo que, ainda de acordo com o mesmo meio, há elementos da administração do Barcelona que também não compreendem a gestão feita por Valverde. No seio do clube, temem que a situação acabe por se transformar numa bomba-relógio para o balneário.

A verdade é que Coutinho tem vindo a perder protagonismo e, esta época, leva seis golos marcados em 24 partidas oficiais.