George Weah, presidente da Libéria, regressou à seleção e jogou 79 minutos

George Weah, presidente da Libéria, regressou à seleção e jogou 79 minutos

Antigo jogador, que chegou a ser considerado o melhor do Mundo, jogou frente aos portistas Chidozie e Nwakali.

História insólita no jogo amigável entre Libéria e Nigéria, na terça-feira: George Weah, presidente liberiano, regressou à seleção aos 51 anos e jogou... 79 minutos.

A partida de caráter particular serviu para homenagear o chefe de Estado, que chegou a ser eleito melhor jogador do mundo, em 1995.

Quando foi substituído em Monrovia, capital da Libéria, Weah recebeu forte uma ovação dos adeptos presentes.

A vitória acabou por sorrir à equipa visitante. Os nigerianos venceram por 2-1, com Chidozie e Nwakali, ambos jogadores do FC Porto, no onze inicial.