Esteve quase no Sporting e atira: "Miúdos de 18 anos não podem ganhar 4 milhões de euros"

Esteve quase no Sporting e atira: "Miúdos de 18 anos não podem ganhar 4 milhões de euros"

Kevin-Prince Boateng dá o exemplo de Ousmane Dembélé, avançado do Barcelona.

Contratado pela Fiorentina este verão, Kevin-Prince Boateng esteve ao serviço do Barcelona na segunda metade da última temporada e, em conversa com o jornal alemão Bild, falou sobre a experiência no clube catalão, ao serviço do qual se sagrou campeão espanhol.

"Quase não joguei, estava atrás do Luis Suárez na hierarquia", começou por referir o internacional ganês, virando baterias para Messi: "É um fenómeno, não é humano. Nem ele, nem Cristiano [Ronaldo]. São extraterrestres", asseverou. Logo depois, estendeu-se a abordar o caso de Ousmane Dembélé, avançado do Barça que tem estado a contas com vários casos de indisciplina no emblema "blaugrana".

"Dembélé é uma criança. Temos de aceitá-lo como é, ainda que chegue tarde aos treinos de vez em quando. Há jogadores que o fazem em jeito de desafio, mas ele é diferente, porque se trata simplesmente de uma criança. O problema, não só com ele, é que os jovens jogadores profissionais ganham demasiado dinheiro. Um miúdo de 18 anos não pode ganhar quatro milhões de euros limpos por temporada. Mas, se ganhar, o dinheiro tem de ser gerido de forma a que veja o mínimo valor possível", acrescentou Boateng, que esteve muito próximo de reforçar o Sporting em 2015.