"É preciso partir-me a perna para que um defesa veja o vermelho"

"É preciso partir-me a perna para que um defesa veja o vermelho"

Avançado do Crystal Palace apontou o golo da vitória e desabafou no final.

Wilfried Zaha, avançado do Crystal Palace, apontou o golo da vitória frente ao Huddersfield, na quinta jornada da Premier League, mas não saiu totalmente satisfeito. O jogador costa-marfinense deixou críticas aos adversários e aos árbitros após o encontro. "Sinto que é preciso partir-me a perna para que um defesa veja o cartão vermelho", atirou

Zaha, 25 anos, já representou em Inglaterra o Manchester United, onde não foi muito feliz. Na última temporada apontou nove golos em 29 jogos pelo Crystal Palace.