Drenthe: de promessa do Real a dispensado do Reading

Drenthe: de promessa do Real a dispensado do Reading
João Cardoso

Chegou cedo à elite do futebol mundial, mas não passou de promessa. Agora, está novamente à procura de clube

Final da Supertaça de Espanha, 24 minutos de jogo. O jovem Drenthe recebeu a bola no meio campo adversário, evitou um defesa e, de pé esquerdo, aplicou um remate fortíssimo que só parou no fundo das redes. Acabava de empatar o encontro e de registar o único momento da carreira de que todos os amantes de futebol se lembram.

Chegou ao Real Madrid com 20 anos, depois de duas épocas ao mais alto nível no Feyenoord e de um Europeu de sub-21 em que foi considerado o melhor jogador. Ao fim de três temporadas, e já ultrapassadas as comparações com Roberto Carlos, acabou emprestado. Primeiro ao Hércules,de Espanha, depois ao Everton, de Inglaterra. Saiu em definitivo em 2012, rumo ao Alania, da Rússia, mas pouco mudou. Com três golos numa temporada, acabou dispensado. Em janeiro de 2013 assinou pelo Reading, da II divisão inglesa. Mudou o clube, mas não o destino.

Agora, com 27 anos, o jogador holandês acaba de ser dispensado e está novamente sem clube.