Chile bate Equador e junta-se à Colômbia nos quartos de final

Chile bate Equador e junta-se à Colômbia nos quartos de final

Um tiro certeiro de Alexis Sánchez deu a passagem à seleção chilena na Copa América.

O bicampeão em título Chile juntou-se na sexta-feira à Colômbia nos quartos de final da Copa América, ao bater o Equador por 2-1, em Salvador, no fecho da segunda jornada do grupo C.

Um golo de Alexis Sánchez, o seu 43.º em 126 jogos pela seleção chilena, aos 51 minutos, selou o triunfo da equipa comandada pelo colombiano Reinaldo Rueda, que passou a contar seis pontos, depois da goleada a abrir sobre o Japão (4-0).

A formação equatoriana ainda respondeu, num penálti de Enner Valencia, aos 26 minutos, ao tento madrugador de José Fuenzalida, mas, sem grandes ideias, não conseguiu evitar o segundo desaire, após o 0-4 com o Uruguai, e ficou isolada no último lugar.

Na última ronda do agrupamento, na segunda-feira, o Chile defronta o Uruguai, bastando-lhe o empate para segurar a liderança do agrupamento, enquanto o Equador tem de bater os nipónicos para poder sonhar com os "quartos".