Beckham derrotado em tribunal... com a razão do seu lado

Beckham derrotado em tribunal... com a razão do seu lado

Jogador processou a revista "In Touch" por falsas declarações de uma prostituta, ficou provado que a história fora inventada, mas nem assim ganhou...

O futebolista David Beckham, agora no Paris Saint-Germain, perdeu o recurso interposto à revista norte-americana "In Touch" por ter publicado declarações falsas que afetavam o seu bom nome. A história começa quando Irma Nici, prostituta bósnia, no decurso de uma entrevista à referida publicação revelou ter feito sexo com Beckham no Hotel Claridges, em Londres.

David Beckham, então jogador dos Los Angeles Galaxy, afirmou desconhecer Nici e conseguiu provar que nunca esteve no hotel naquela data, altura em que se encontrava a visitar o pai no hospital, a recuperar de um ataque cardíaco. O futebolista moveu um processo à "In Touch" no Tribunal de Los Angeles, reclamando uma indemnização de 19 milhões de euros.

Embora o caso tivesse sido arquivado em 2010, ao ser considerado que o texto em questão não era difamatório, mas de interesse público, acabou por ser reaberto na semana transata. Mesmo com os responsáveis editoriais da revista a reconhecerem, perante os juízes, que a história era falsa, o tribunal entendeu que a publicação não deveria ser penalizada, invocando, para o efeito, a primeira emenda da Constituição dos Estados Unidos: liberdade de expressão.