Adrián explica o que falhou no FC Porto, fala do futuro e ainda de João Félix

Adrián explica o que falhou no FC Porto, fala do futuro e ainda de João Félix

Adrián assinou pelo FC Porto em 2014 e agora é um jogador livre.

Adrián López está sem clube desde que terminou contrato com o FC Porto na última temporada e agora está a treinar em Madrid para manter a forma, enquanto decide o próximo passo a dar na carreira.

Numa entrevista ao jornal AS, o avançado conta que tem ofertas de vários clubes em Espanha, México, Estados Unidos, Turquia e China, mas a prioridade é continuar a jogar a alto nível, descartando o dinheiro que esses campeonatos oferecem.

Adrían, 31 anos, explicou porque não triunfou no FC Porto, onde chegou em 2014, e falou de "cinco anos complicados".

"No primeiro ano, quando cheguei, houve uma pequena reviravolta depois da minha lesão em janeiro. Foram cinco anos complicados. Fui emprestado ao Villarreal com uma lesão que não viram bem no FC Porto e não consegui jogar até fevereiro, o que foi uma pena. Mas depois no final da Liga foi muito bom e acabámos por ganhar um lugar na Liga dos Campeões, no último ano do Marcelino. O Villarreal queria que eu voltasse, e eu também queria porque havia bons sentimentos. Mas foi aí que os problemas começaram e eles preferiram emprestar-me a um clube mais distante. Eu queria o Villarreal e foi aí que começaram os problemas maiores. Quando fui para o Deportivo era a melhor opção para ter continuidade, mas foi uma pena a descida ter acontecido. Foi o ano em que pude jogar mais, embora tivéssemos descido", atirou.

O espanhol falou ainda sobre João Félix, ex-rival qeu assinou pelo Atlético de Madrid: "É um miúdo que este ano apareceu e apareceu de uma forma espetacular. Teve um ano muito bom e terá que continuar a evoluir uma vez que é muito jovem. Tenho a certeza que irá aprender muitas coisas no Atlético e com Cholo [Diego Simeone]. Vai ser um jogador ainda melhor. Têm um talento inato, é um jogador com muita qualidade e inteligência. Na hora de jogar, sabe fazê-lo em equipa e tem golo, o que demonstrou ao longo do ano mesmo não sendo um ponta de lança".

Sobre o futuro, Adrián diz que quer "esquecer" os anos complicados em que não conseguiu "desfrutar", dizendo-se "otimista" com os próximos tempos. "Estou melhor do que nunca", finalizou.