A mãe de Mbappé tinha razão: "Ou o contratam agora ou dentro de cinco anos terão de pagar 50 milhões"

A mãe de Mbappé tinha razão: "Ou o contratam agora ou dentro de cinco anos terão de pagar 50 milhões"

A história é contada por Serge Daniel Boga, que desempenhou as funções de olheiro do Chelsea.

Kylian Mbappé é hoje uma das grandes figuras do PSG, mas podia muito bem estar a brilhar com a camisola do Chelsea. Em 2012, o avançado, campeão do mundo, esteve a prestar provas no clube londrino. Deixou bons pormenores, mas a mãe recusou uma segunda aparição para testes, optando por voltar a casa.

A história é contada por Serge Daniel Boga, olheiro do Chelsea até 2014, numa conversa com o "Goal". "Realizou uma prova e não convenceu por completo porque não demonstrava muito sacrifício defensivo. Pediram então à mãe que voltasse para realizar um segundo teste e ele negou", disse.

"O meu filho não volta, ou o contratam agora ou dentro de cinco anos terão de pôr na mesa 50 milhões de euros para o contratar", atirou, confiante, a mãe de Mbappé, que na altura jogava no Bondy, um pequeno clube dos arredores de Paris.

"É o tipo de jogador que todos querem ver jogar, tem o que é preciso para um jogador moderno e ser um dos melhores durante dez anos", comentou Boga. Quanto a Mbappé, agora com 19 anos, vale bem mais do que 50 milhões de euros. Aliás, que o diga o PSG, que pagou mais do dobro ao Mónaco.