Holanda cancela campeonato: sem subidas, sem descidas e, talvez, sem campeão

Holanda cancela campeonato: sem subidas, sem descidas e, talvez, sem campeão
Redação

A KNVB informou a UEFA deste facto na reunião com as federações, na quinta-feira

A Eredivisie 2019-2020, principal campeonato da Holana, parece ter chegado ao fim antes da última jornada. É história, aliás.

Tudo indica que a época será declarada nula, segundo anunciam vários órgãos de comunicação holandeses, e que o título permanecerá "em branco". Esta sexta-feira, a Royal Netherlands Football Association (KNVB) e os clubes decidiram encerrar oficialmente a competição, a faltar nove jornadas para o final.

A proibição dos eventos de massas, incluindo o futebol, pelo menos até 1 de setembro, anunciada na terça-feira pelo Primeiro-Ministro dos Países Baixos, Mark Rutte, não deixou outra opção.

A KNVB informou a UEFA deste facto na reunião com as federações, na quinta-feira e Aleksander Ceferin não terá tido outra alternativa senão aceitá-la, uma vez que se trata de uma ordem governamental.

Não haverá descidas nem subidas, mas ainda ficou por saber o que vai acontecer ao campeão. Tudo indica que o título não será atribuído. Aquando da paragem, o Ajax dividia a liderança com o AZ Alkmaar. As regras da competição favoreciam a equipa de Amesterdão em caso de empate, visto que apresentava um goal average positivo de 45 golos, contra 37 do AZ. Já no confronto direto, vantagem para o AZ.

Certo é que os clubes terão acertado, desde já, que não haverá descidas nem descidas. Saem a ganhar Den Haag e Waalwijk, enquanto SC Cambuur e De Graafschap perdem a hipótese de subir.

A Eredivisie junta-se assim à Jupiler Pro League, que foi a primeira liga a avançar com a intenção de terminar prematuramente devido à pandemia de coronavírus. Na Bélgica, o Bruges seria declarado campeão, cenário que pode repetir-se na na Escócia, com Celtic - lidera com treze pontos, e mais um jogo, sobre o Ranger - a ser declarado campeão.