Florentino Pérez: "É impossível que tenha tido influência na saída de Messi"

Florentino Pérez: "É impossível que tenha tido influência na saída de Messi"
Redação

Presidente do Real Madrid emitiu um comunicado esta quarta-feira.

Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, emitiu esta quarta-feira um comunicado, reagindo às declarações de Jaume Llopis, antigo membro da Espai Barça, que se demitiu na sequência da saída de Messi, e garantindo que não teve qualquer influência na saída do astro argentino para o PSG.

"É rotundamente falso que mantenha uma amizade com o CEO do Barcelona, Ferran Reverter, já que é uma pessoa com quem estive apenas duas vezes na minha vida. Uma há quatro meses e outra no sábado passado, na reunião que teve lugar em Barcelona com o presidente Joan Laporta e o presidente Andrea Agnelli, quando já tinha sido feita a comunicação oficial sobre Messi. Portanto, é impossível que tinha tido alguma influência na saída de Messi ou em qualquer outra decisão do Barcelona", pode ler-se.

Llopis garante que nem tudo foi feito por parte do clube catalão para manter Messi, apontado ao presidente Laporta. "Não entendo este relacionamento cordial com o presidente do Real Madrid. É incompreensível que enquanto os fãs de Barcelona choravam a partida de Leo Messi, Laporta estava numa mariscada com o presidente do Real Madrid", chegou a dizer.

"Laporta foi pressionado pelo seu CEO e Florentino convenceu-o. Os dois convenceram-no que tinha de deixar Messi ir embora e não assinar com a CVC", acusou.