Guarín pode regressar à Colômbia por ter saudades dos filhos: "Medo que ele entrasse em depressão"

Guarín pode regressar à Colômbia por ter saudades dos filhos: "Medo que ele entrasse em depressão"
Redação

Vasco da Gama recetivo a deixar sair o jogador colombiano

O colombiano Freddy Guarín tem mais um ano e meio de contrato com o Vasco da Gama, mas tem estado em reuniões com a direção do clube no sentido de rescindir amigavelmente com o clube na sequência de um problema pessoal.

Segundo conta a "ESPN Brasil", o jogador divorciou-se recentemente da esposa e, desde então, tem sentido saudades incomportáveis dos filhos (que estão na Colômbia), o que o impede de se apresentar desportivamente no seu melhor.

"O Guarín ficou mal e acabámos liberando ele para voltar à Colômbia com medo de que ele entrasse em depressão", justificou, à "ESPN", uma pessoa próxima do presidente vascaíno Alexandre Campello.

"A verdade é que o Guarín adora o Vasco, a torcida e sua vida no Rio de Janeiro. Mas tem sofrido demais com a distância em relação aos filhos", completou a fonte.

Guarín, antigo futebolista do FC Porto atualmente com 34 anos, deixou a promessa ao Vasco da Gama de não jogar por nenhum outro clube brasileiro.