França: Sindicato diz que jogadores podem rejeitar regresso à competição

França: Sindicato diz que jogadores podem rejeitar regresso à competição
Redação com Lusa

Presidente do sindicato garantiu que os atletas filiados na União Nacional de Futebolistas Profissionais "rejeitam o regresso à competição nas condições atuais", qualificando de "precipitada e perigosa" a eventual decisão de retomar o campeonato.

O presidente do sindicato dos jogadores francês, Sylvain Kastendeuch, assegurou que os futebolistas profissionais que representa estão dispostos a rejeitar a participação no que resta da liga 2019/20, devido os riscos associados à pandemia de covid-19.

Em artigo publicado esta segunda-feira no diário Le Monde, Kastendeuch garantiu que os atletas filiados na União Nacional de Futebolistas Profissionais "rejeitam o regresso à competição nas condições atuais", qualificando de "precipitada e perigosa" a eventual decisão de retomar o campeonato.

"A necessidade económica não deve sobrepor-se à saúde pública", observou o presidente do organismo sindical, numa altura em que a Liga de clubes equaciona vários cenários para o regresso em junho da competição, suspensa devido à pandemia.

A França é o quarto país do mundo mais afetado, depois dos Estados Unidos, da Itália e da Espanha, com um total de 19.718 mortos e mais de 152 mil casos confirmados de infeção.