FIFA propõe cortes nos salários de jogadores e treinadores

FIFA propõe cortes nos salários de jogadores e treinadores
Redação

Reunião realizada na tarde desta quinta-feira para debater medidas em plena pandemia.

A FIFA esteve esta quinta-feira reunida com a Associação Europeia de Clubes (ECA) e o sindicato mundial de futebolistas (FIFPro), através de videoconferência, para discutir medidas perante a pandemia da Covid-19 que paralisou a modalidade, entre tantas outras. Um ponto a evidenciar desde logo: a proposta de cortes salariais aos jogadores e treinadores.

Na prática uma proposta para que aceitem negociar reduções significativas dos ordenados, de forma proporcional. Ou seja, será maior quanto maior forem os rendimentos.

Esta será uma solução temporária, enquanto o mundo não controla a pandemia, e implicará, por outro lado, que jogadores e treinadores não sejam despedidos durante o período em causa.

NÃO SAIA DE CASA, LEIA O JOGO NO E-PAPER. CUIDE DE SI, CUIDE DE TODOS

A FIFA criará também um fundo milionário (sabe-se que de várias centenas de milhões de euros) para manter o mais possível os alicerces em que o futebol atualmente se sustenta e que poderá beneficiar confederações, federações, jogadores e até televisões e patrocinadores.

Saiba mais pormenores sobre a reunião: