FIFA faz pagamentos adiantados a federações para cobrir perdas

FIFA faz pagamentos adiantados a federações para cobrir perdas
Redação com Lusa

Parte das verbas fazem parte de um programa de desenvolvimento, adiantando desde já o que seria devido no resto deste ano, e outra parte é referente a prestações relativas a custos de operação, devidos em julho.

A FIFA anunciou esta sexta-feira que vai distribuir uma verba próxima de 140 milhões de euros pelas 211 federações membros do organismo regulador do futebol mundial, para ajudar com as perdas sofridas devido à pandemia de covid-19.

Os pagamentos, relativos aos anos de 2019 e 2020, são "o primeiro passo de um plano de alívio para apoiar a comunidade do futebol, impactada pela pandemia de covid-19", indica um comunicado da FIFA.

Citado em comunicado, o presidente do organismo, Gianni Infantino, destacou os "desafios sem precedentes" que a atual situação representa e a razão de ser do plano de apoio a quem está "em profundas dificuldades económicas".

Parte das verbas fazem parte de um programa de desenvolvimento, adiantando desde já o que seria devido no resto deste ano, e outra parte é referente a prestações relativas a custos de operação, devidos em julho.

A estas verbas, que estão sujeitas ao cumprimento de certos critérios, soma-se o valor de cerca de 464 mil euros adicionais.

O plano de apoio terá novos passos, que estão "a ser finalizados e serão comunicados em breve", resultando das reservas que a FIFA tem acumulado nos últimos anos e que ascendem a 2,5 mil milhões de euros.