FIFA: África do Sul pagou 10 milhões pelo Mundial'2010

FIFA: África do Sul pagou 10 milhões pelo Mundial'2010

O presidente da Comité Organizador do Mundial'2010, Danny Jordaan, reconheceu o pagamento de 10 milhões de dólares à FIFA, mas nega que tenha sido um suborno.

As declarações de Jordaan, publicadas este domingo no jornal sul-africano Sunday Independent, surgem depois de uma investigação do Departamento de Justiça dos Estados Unidos ter revelado o pagamento daquele valor a dirigentes da FIFA para favorecer a eleição da África do Sul como sede do Mundial'2010, algo que tinha sido negado pelo governo e pela Federação local (SAFA).

[destaque:4597970]

De acordo com Jordaan, os 10 milhões de dólares foram dados à CONCACAF (Confederação da América do Norte, Central e Caraíbas) para promover o desenvolvimento do futebol na região.

"Como podíamos ter pagado um suborno pelos votos quatro anos depois de termos ganhado o processo", disse Jordaan, que é o atual presidente da SAFA.

Jack Warner, que era na altura presidente da CONCACAF, foi um dos 14 indivíduos indiciados de corrupção e associação criminosa pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos na quarta-feira, num caso em que estarão em causa subornos no valor de 151 milhões de dólares (quase 140 milhões de euros).