Eurotaças distribuem 3500 milhões na nova época: confira todos os números

Eurotaças distribuem 3500 milhões na nova época: confira todos os números

FC Porto e Sporting perspetivam mais de 25 M€, caso cheguem aos "oitavos" da Champions, tal como o Benfica, ainda na luta pela fase de grupos.

Com presença assegurada na fase de grupos da Liga dos Campeões, FC Porto e Sporting encaixam, automaticamente, 15,64 milhões de euros e uma vaga nos oitavos de final é sinónimo de mais 9,6 milhões nos cofres de campeão e vice-campeão nacionais, valores que se mantêm em relação à época transata e que excluem os valores variáveis como o ranking na UEFA e direitos de transmissão, que dependem dos territórios ("market pool").

Na luta por um lugar ao lado dos dois rivais, o Benfica é candidato a receber o mesmo montante. Para já, caso "caiam" no play-off, os encarnados garantem, pelo menos, cinco milhões de euros, verba destinada pela UEFA aos clubes que forem eliminados nesta fase. Se assegurar presença na fase de grupos, terá nos cofres os 15,64 milhões.

De acordo com o "Mundo Deportivo", a UEFA terá cerca de 3500 milhões de euros para distribuir na próxima temporada. É este o valor estimado, sendo que 2732 milhões serão divididos pelos clubes participantes nas provas organizadas por esta entidade. A maior fatia pertence à Liga dos Campeões, com 2032 milhões reservados, ou seja, 53 por cento do bolo total. Para a Liga Europa, a verba é de 465 milhões (13 por cento) e 235 para a Conference League, que em 2022/23 terá a segunda edição. Os restantes fundos destinam-se a suportar custos de organização (323 M€), mecanismo de solidariedade (245 M€), sendo que 190 milhões ficam afetos ao futebol europeu, permanecendo na UEFA. Há ainda 10 milhões de euros reservados à Champions feminina.

Representante nacional na fase de grupos da Liga Europa (atingiu os quartos de final na época passada), o Braga encaixa 3,63 milhões e arrisca-se a receber mais 2,3 milhões, se for primeiro e selar o apuramento para os oitavos de final (o vencedor tem direito a 8,6 milhões). Terceira prova de clubes sob chancela da UEFA, cujo vencedor receberá cinco milhões, a Conference League distribui desde logo 2,94 milhões aos clubes participantes na fase de grupos, etapa pela qual lutam Gil Vicente e V. Guimarães.