"Espero que esteja nas melhores mãos para a operação da próxima semana"

"Espero que esteja nas melhores mãos para a operação da próxima semana"

Pep Guardiola comentou a lesão sofrida por Leroy Sané.

O futebolista alemão Leroy Sané, do Manchester City, vai estar ausente entre "seis a sete meses", após a operação ao ligamento cruzado anterior no joelho direito a que será submetido, disse o treinador da equipa inglesa, Pep Guardiola. "Normalmente, esse tipo de lesão do ligamento cruzado anterior é de seis ou sete meses. Espero que em fevereiro ou março, ele possa voltar", comentou o treinador espanhol, na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o West Ham.

Leroy Sané, de 23 anos, lesionou-se no domingo durante a Supertaça inglesa, que o Manchester City conquistou ao vencer o Liverpool, por 5-4, no desempate por grandes penalidades, após 1-1. "Ele [Leroy Sané] é jovem, espero que recupere bem e que esteja nas melhores mãos para a operação da próxima semana", afirmou Pep Guardiola, garantindo que conta com o jogador.

A gravidade da lesão de Sané coloca termo ao alegado interesse na sua contratação pelos alemães do Bayern Munique, que procuram um jogador com as suas características para substituir Arjen Robben e Franck Ribery. "Nunca achei que fosse embora. Eu sempre disse que ele era nosso jogador e ele não me disse que queria sair. Sempre achei que estava connosco", rematou o técnico.