Espanha pede assinatura a Diego Costa

Espanha pede assinatura a Diego Costa

Vicente Del Bosque quer chamar o avançado para os particulares de novembro, mas ainda falta o certificado da CBF e a garantia do avançado do Atlético de Madrid.

A Espanha deseja que Diego Costa opte por jogar pela sua seleção já nos particulares de novembro, mas para que isso suceda terão que ser cumpridos dois trâmites essenciais: que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) emita um certificado com o historial do avançado no escrete; a própria assinatura do jogador do Atlético de Madrid a pedir para jogar na Roja. Critérios que, segundo o jornal "As", ainda não foram cumpridos.

Embora tenha deixado a promessa através do seu vice-presidente, Marco Polo del Nero, que enviaria a Espanha a documentação necessária, a CBF ainda não o fez e, por isso, a Federação espanhola (RFEF) terá pedido à FIFA que "force" o Brasil a cumprir o prometido. Mas isso não basta, pois o próprio Diego Costa tem que assinar um documento a pedir à FIFA a mudança de federação por já ter alinhado nos particulares com a Itália e a Rússia, em Março deste ano. Uma situação que tem gerado ansiedade na RFEF.

Enquanto a situação não se desbloqueia, os jogadores do Brasil tentam convencer o atual melhor marcador da liga espanhola a manter-se fiel ao escrete, enquanto do lado dos espanhóis surge o inverso, pois ainda anteontem Michu e David Silva salientaram que Diego Costa será "bem recebido" na roja.