"Em vez de andarem a gastar dinheiro por aí, inscrevam o meu filho..."

"Em vez de andarem a gastar dinheiro por aí, inscrevam o meu filho..."
Redação

Avançado do Nápoles pretende continuar no emblema italiano e tem uma estratégia, no mínimo, curiosa.

Dries Mertens, 34 anos, figura chave e já incontornável do Nápoles, admite que não pretende sair tão cedo do emblema italiano, que considera ser a sua casa. "Não quero dinheiro, esta cidade é suficiente para mim", diz mesmo.

"Esta é a minha casa, o meu lugar ideal. Não quero dinheiro, esta cidade é suficiente para mim. Estou aqui, tenho contrato com opção para o clube. Estou à espera e depois veremos. Eu sei que há dois caminhos, um deles é o adeus. Também sei que quando isso for dito, toda a família Mertens irá chorar. Estou feliz aqui e a minha família também. Mas é preciso ser realista e prático: o Nápoles pode já não precisar de mim. Espero que isso não seja já", começou por dizer em entrevista ao Corriere dello Sport, antes de revelar qual será a sua (curiosa) estratégia para tentar convencer o emblema napolitano a continuar com ele no plantel.

"Marcando muito, porque assim eles são obrigados a manter-me. Quanto mais golos eu marcar, mais eles perceberão que vale a pena manter-me. Mas tenho um ás na manga... Em vez de andarem a gastar dinheiro por aí, à procura que apareça um novo avançado, dou-lhes a oportunidade de inscrever o meu filho. Teriam um jovem avançado com uma longa carreira à sua frente. E eu não teria de renunciar nem à casa nem ao Nápoles", concluiu.