Em França falam em possível retirada prematura de Sergio Ramos

Em França falam em possível retirada prematura de Sergio Ramos
Redação

Jornal Le Parisien tem em conta as sucessivas lesões do central do PSG.

Sergio Ramos trocou o Real Madrid pelo PSG no mercado de transferências de verão de 2021. No entanto, o central foi acumulando lesões e não conseguiu a regularidade que desejaria. Até ao momento, disputou apenas cinco jogos pelo emblema parisiense, num total de 283 minutos.

Tal condição leva esta quinta-feira o jornal francês "Le Parisien" a ponderar uma retirada prematura do internacional espanhol de 35 anos. "As lesões, o fim de Ramos?", questiona o referido jornal.

"É o síndrome do gémeo velho. São lesões muito chatas porque nunca se pode realmente prever a sua evolução. Isto está relacionado com a configuração do gémeo. Sem entrar nos detalhes anatómicos, é preciso considerar que o envelhecimento do músculo e os golpes recebidos por Ramos durante a carreira, após 19 temporadas ao mais alto nível, debilitaram os músculos da barriga das pernas", afirma Jean-Marcel Ferret, antigo médico da seleção francesa, ao "Le Parisien".

O médico considera ser quase impossível para o antigo jogador do Real Madrid estar disponível para o jogo contra o Real Madrid, a 15 de fevereiro, a contar para os oitavos de final da Liga dos Campeões, restando saber se estará totalmente recuperado para o jogo de 9 de março, no Santiago Bernabéu.